cheap love, sheet's love, shit love





P.S. Para voltar à "home" ou sair, clicar no símbolo em baixo:

quarta-feira, fevereiro 9

 
E n ✝ ã o ?
Não me apetece falar, talvez nem me apeteça escrever. Não me apetece comunicar, muito menos expressar-me e ficar com tudo a perder. Não me apetece existir, apesar de continuar com a minha vivência quotidiana  do meu sistema límbico. Não me apetece acordar, no entanto, não me apetece adormecer, muito menos dormir. 
E n ✝ ã o ?
Já não sei se quero ser vegetal ou animal, se quero comer ou vomitar, se quero correr ou simplesmente passear e andar, andar até parar. Ou nunca parar.
E n ✝ ã o ?
O que ouvia já não oiço. O que falo já não sinto. O que digo já não existe (talvez nunca tenha sequer existido). O que como já não sabe a nada. O que sinto... já não sei o que sinto.
E n ✝ ã o ?
Então nada.

A c o r d a. ✝

1 Oh Leopold!:

carla. disse...

qualquer coisa este texto...
adorei!

Enviar um comentário

fajsdçlkajsdlaçj (Y)